Arquivo | fevereiro, 2008

EVENTO DE “BOAS VINDAS” DO CURSO DE PEDAGOGIA

28 fev

Neste evento serão passadas importantes informações aos/às alunos/as de todos os períodos do curso de Pedagogia!

Compareça, mantenha-se informado/a!

Local: Auditório do Espaço de Convívio

Data: 28/02/08 (quinta-feira)
· Noite  
–  1º e 2º horário (1º, 2º, 3º e 4º períodos)
–  3º e 4º horário (5º, 6º, 7º e 8º períodos)

Data: 29/02/08 (sexta -feira)
· Manhã 
–  1º e 2º horário (1º, 2º, 3º e 4º períodos)
–  3º e 4º horário (5º, 6º, 7º e 8º períodos)

Anúncios

Usina de Cinema relança o “Passe Professor”, iniciativa que facilita o acesso de professores às salas do grupo

26 fev

Com o contínuo intuito de contribuir para a difusão da arte e da cultura, o Usina de Cinema, empresa que administra as salas Usina Unibanco de Cinema e o Cineclube Unibanco Savassi vai relançar, em lote de quantidade limitada, o “Passe Professor”. Trata-se de um projeto inédito voltado para os educadores do ensino infantil, médio, fundamental e superior das escolas públicas e privadas de Belo Horizonte. Com ele, os professores garantem livre entrada às salas de exibição dos cinemas, durante 12 meses, pagando uma taxa única de R$ 50,00, sem necessidade de qualquer complemento no valor da entrada.

Conhecido pela tradição em exibir um cinema diferenciado, o grupo Usina de Cinema dá continuidade a esta iniciativa que faz sucesso crescente desde seu lançamento, em 2006. Proporcionando acesso a uma programação que privilegia o cinema de arte, a produção independente contemporânea e os longas-metragens nacionais, sejam de ficção ou documentários, o grupo Usina de Cinema avança em seu objetivo de estímulo a apreciação da sétima arte, incentivando a ida ao cinema de uma importante classe de profissionais. Este profissionais, por sua vez, como agentes multiplicadores, irão estimular a formação de um novo público espectador.

O “Passe Professor” tem validade de 12 meses contados a partir da data de aquisição e pode ser utilizado para todas as sessões e a qualquer dia da semana nas quatro salas do Usina Unibanco de Cinema e no Cineclube Unibanco Savassi. Para obtê-lo, o professor deve se dirigir à bilheteria do Usina ou do Savassi e apresentar sua carteira funcional ou o contra-cheque mensal, juntamente com um documento de identidade.

PASSE PROFESSOR
a venda na bilheteria do Usina Unibanco de Cinema e do Cineclube Unibanco Savassi
horário: diariamente das 15:00 às 21:00 horas
valor: R$ 50,00
validade: 12 meses a partir da data da compra

USINA UNIBANCO DE CINEMA
Rua Aimorés, 2424 – Lourdes – tel: 3337-5566

CINECLUBE UNIBANCO SAVASSI
Rua Levindo Lopes, 358 – Savassi – tel: 3227-6648

Veja no site

Dê a sua opinião sobre os vencedores do Oscar 2008!

25 fev

Site oficial do Oscar : www.oscar.com

PRINCIPAIS INDICAÇÕES AO OSCAR 2008

Melhor filme: ” Desejo e Reparação”

Melhor ator: “Juno” ( ótimo filme para trabalhar a questão da adolescência)

Melhor atriz: “Conduta de risco”

Melhor Diretor: ” Onde os fracos não têm vez”

Melhor filme estrangeiro: “Sangue Negro”

QUAL A SUA OPINIÃO SOBRE OS VENCEDORES DO OSCAR 2008 ?

Clique em  COMENTÁRIOS  … e escreva a sua opinião ….

Sobre o Oscar: você sabia…?

25 fev

A estátua do OSCAR, criada em 1928, representa um pequeno homem mergulhando uma espada em um carretel de filmes. Tem altura de 34 cm e o peso é de 3,8 Kg. Ganhou esse nome graças a uma secretária da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas que acreditava que a estátua se parecia com o seu tio. Composição: mistura de cobre e estanho banhado a ouro . Valor: 18.000 dólares

 

 

 

 

Grandes esquecidos:

– Charlie Chaplin (Carlitos)  nunca ganhou nenhum Oscar!

– Alfred Hitchcock também nunca ganhou um Oscar. Teve que se contentar com um prêmio de honra à sua carreira no cinema!

Professora Idalena e o seu trabalho de doutorado

25 fev

idalena.jpg

A atualização dos professores do curso de Pedagogia agrega valor à qualidade do curso.

A Professora Idalena Oliveira Chaves trabalha com a disciplina Alfabetização no curso de Pedagogia. É casada e tem um filhinho de dois anos.

Neste momento,  está como doutoranda e informa o tema da sua tese, conforme entrevista abaixo:

Blog: Quando você foi aprovada/o no Doutorado?

Em 2003 UFMG ( Universidade Federal de Minas Gerais)     

Blog: Em qual instituição você está desenvolvendo o seu doutorado?

A variação sonora na realização das vogais pretônicas /e/ e /o/ no dialeto de Paracatu-MG

Blog: Qual o foco do deu estudo?

Variação lingüística

Qual a sua opinião sobre o uso da TV na escola?

22 fev

“Uma escola que não ensina como assistir à televisão é uma escola que não educa”

Quem afirma é o pedagogo espanhol Joan Ferrés. Ele observa que a tendência no meio escolar é a de adotar atitudes unilaterais diante do fenômeno da televisão.

Para o professor Clóvis de Barros Filho, autor do livro Ética na Comunicação, “a televisão é o principal manancial de referenciais cognitivos dos alunos, e muitos professores têm um preconceito tão grande que se tornam incapazes de sequer reconhecer esses mananciais”. Ele afirma que:

“A escola deve preparar para os meios de comunicação de massa, e não condená-los. Os alunos vão passar a vida inteira assistindo à TV, e muitas vezes não se gasta um segundo para ensiná-los a ver tanto o Jornal Nacional quanto Os Cavaleiros do Zodíaco”

O jornalista e crítico de TV Eugênio Bucci, autor dos livros O Peixe Morre pela Boca e Brasil em Tempo de TV, que reúnem artigos publicados em jornais e revistas afirma:.

“Saber ver criticamente a televisão é condição básica para o exercício da cidadania”.

O jornalista considera fundamental que a Escola abra “um canal pelo qual as crianças possam se manifestar, verbalizar, elaborar, por que vêem televisão, o que gostam de ver na TV, o que as atrai. Depois disso, imagino ser possível, aos poucos, desmontar o discurso da televisão e também o da publicidade”, prevê.

Dessa forma, Bucci acredita que se estaria plantando “a semente para o desenvolvimento de telespectadores críticos”.

“Mais importante do que controlar o que a TV veicula diariamente é preparar o público, sobretudo os telespectadores mirins, a vê-la sem se submeter a ela. O importante é saber usá-la para a vida, sem ser usado por ela”. 

Qual é sua posição quanto o uso da televisão na escola?

Anote neste blog ( abaixo) as suas opiniões ….

Fobia escolar: como vencer o medo da sala de aula

22 fev

O Dia, 16/02/2008 – Rio de Janeiro RJ

Início do ano letivo pode trazer problemas de adaptação e causar males à saúde das crianças

André Bernardo

Medo do desconhecido? Presente! Saudade dos pais? Presente! Mudança de colégio? Presente! Todas as alternativas acima ajudam a explicar um distúrbio que atinge cerca de 5% dos alunos da educação infantil e 2% do ensino fundamental no mundo inteiro: a fobia escolar. Em tempo de volta às aulas, algumas crianças podem não se adaptar tão rapidamente à rotina escolar e apresentar sintomas típicos, como insônia, choro e ansiedade. Segundo especialistas, o distúrbio é mais freqüente no primeiro ano letivo da vida da criança. Até se transformar na ‘segunda casa’, a escola representa um mundo desconhecido. Por isso, nos primeiros dias de aula, os sintomas podem ser mais intensos porque a criança se vê às voltas com pessoas estranhas e se sente abandonada pelos pais. Nessa idade, ausência de cinco minutos parece uma eternidade.

“Mais do que medo da escola, a criança tem medo de se separar dos pais e nunca mais vê-los. E, como não consegue verbalizar o que está sentindo, somatiza: perde o sono, acorda chorando, sente dor de barriga, entre outras coisas…” afirma o psiquiatra infantil Fábio Barbirato.Apesar de ser mais comum na pré-escola, alunos do fundamental também não estão livres de sentir uma dorzinha qualquer por causa da volta às aulas.