Archive | novembro, 2007

Cinema e a Criança e outras oficinas sobre cultura africana

29 nov

A oficina sobre o uso do cinema como forma de desenvolver a leitura de mundo das crianças, apresentou a história do cinema no mundo e no Brasil, evidenciando a importância do uso de filmes na escola para discutir com as crianças valores e situações de vida. As alunas Suzan Martins, Fabiana de Souza, Fabiana Márcia, Delaine Martins, Vanessa Oliveira e Ana Paula Carvalho (PDN5A), após o filme “KIRIKU” desenvolveram uma discussão pedagógica sobre o valor da cultura africana, seus costumes e ensinamentos, mostrando que a diversidade cultural é, sem dúvida, um do temas mais atuais.

A professora Marianela afirmou que essa oficina tratou de um recurso muito atual que,segundo Edgar Morin, permite desenvolver o pensamento sistêmico, já que há possibilidade de olhar uma história através de vários pontos de vista, ensinando a multiplicidade de dimensões presentes na narrativa de qualquer filme.

Oficinas como ” Do labor ao sabor da comida africana” trouxe o colorido da Mãe África e o sabor de seus mistérios. A professora Gislene elogiou o capricho e dedicação das oficineiras.

Cultura Digital e Correio Eletrônico

29 nov

Cultura Digital e Correio Eletrônico como proposta educativa foram oficinas oferecidas por alunas do PN5A. O tema Cultura Digital foi desenvolvido como mostra das possibilidades que a web proporciona tendo em vista desenvolver competências e habilidades cognitivas nos alunos. Diversos sites trazm jogos e propostas educativas que podem ser desenvolvidas com os alunos a partir das diversas disciplinas.

 As alunas Camila Paula Silva, Júnia  Costa, Ione Pinto , Maira Araújo e Priscila Meireles apresentaram os fundamentos teóricos e práticos de um trabalho educativo no ciberespaço. A professora Maria Lúcia acompanhou o trabalho com muito entusiasmo, pois, segundo ela, houve muita coisa nova a ser apreendida”.

 Quanto ao uso do correio eletrônico (e-mail) para fins educativos é uma novidade que deve ser ampliada e ensinada, pois seus efeitos são importantes. Através de e-mail o professor pode ensinar seus alunos a escrever e se comunicar. Na verdade, ferramentas como essas são da nossa contemporaneidade e ainda não teêm adeptos suficientemente preparados na escola para desenvolver esse tipo de trabalho tão inovador. No entanto, já existem experiências em vários países com resultados muito interessantes. O aluno Roberto ( PDN4) afirmou que, apesar de ser um adepto da tecnologia e ser um bom usuário, a oficina ofereceu muita novidade.

Jornal Folha Pedagógica

29 nov

O Jornal Folha Pedagógica esteve presente na Semana de Pedagogia. A sua trajetória da primeira  à décima edição continua exposta, desta vez em frente ao mural do Lepi-Tec no quarto andar. Professores, alunos, ex-alunos têm contribuído para que o jornal do curso de Pedagogia seja informativo e formativo.  Visitem o mural, vejam também o “blog” nele representado!

O jornal é elaborado pela professora Marianela Rodrigues da Silva, editora, e pela jornalista responsável, Martha Godinho, uma parceria dos laboratórios do curso de Pedagogia (Lepi-Tec e LPd). Fazem parte do Conselho Editorial as professoras Ana Cristina Pereira, Ana Rosa Vidigal, Denise Braga, Nali Silva Ferreira e Marília Marinho.

Mesa Temática – Semana de Pedagogia

28 nov

MÍDIAS, EDUCAÇÃO E CONTEMPORANEIDADE·

Promoção: Grupo de Pesquisa do curso de Pedagogia “Letramento midiático e formação de professores”, coordenado pela Profa Ana Rosa Vidigal Dolabella.

Alunas Bolsistas: Maria Oliveira e Viviane BarbosaAlunas voluntárias: Priscila Batista, Elizabeth de Alkimin, Cristiane Dias, Adriana Nascimento, Marina Galera.

Evento inserido na Semana de Pedagogia do UNI-BH

Coordenação do curso: Prof. Carlos Donizetti

Veja mais no texto anexo!

Frase do Dia!

28 nov

” Cada adulto é como todos os adultos, como alguns adultos  e como nenhum outro adulto.”

(Paráfrase elaborada pela profa. Maria Christina B. Lima de Morris,1984)

O curriculo escolar para uma escola inclusiva

27 nov

Na Semana da Pedagogia, de 19 a 22 de novembro, ocorreu a divulgação do livro “O curriculo escolar para uma escola inclusiva” Editora Fundac-BH, da Professora Márcia Letícia de Vasconcelos Parra. O livro é inovador, uma vez que aborda o conceito de inclusão escolar e  analisa o tipo de paradigma de currículo que mais favorece a implantação de modelo de escola inclusiva. Vale a pena conferir!

Este livro está disponível na livraria da Fundação Cultural de Belo Horizonte em dois endereços:

R. Diamantina 567, Lagoinha – tel.: 3423-9455

Av. Prof. Mario Werneck 1685, Estoril – tel.: 3377-1044

email: livrariafundac-bh@unibh.br

Oficina Tv e Vídeo

26 nov

A oficina ” TV e VD: um resgate  de seu valor formativo” tentou evidenciar como essas tecnologias podem trazer aulas inovadoras, complementando as exposições do professor. Programas de TV podem ser gravados e discutidos em sala de aula, como foi o caso do programa sobre História, gravado da televisão. Além disso, essas tecnologias podem trazer depoimentos reais e provocar o debate em sala de aula sobre situações vivenciadas.

Ariana Araújo, Elisama Oliveira, Mariana Ribeiro, Simara Silva e Siléia Silva (PDN5A) apresentaram, de forma descontraída e prazerosa, informações necessárias para os professores de educação básica, mostrando um vídeo muito rico de imagens coloridas, a partir do Programa Fantástico.

A professora Célia Alves presente na oficina, acompanhou o grupo e apreciou a dedicação ao trabalho das alunas, manifestando o seu agrado em relação a um trabalho muito bem feito.