Arquivo | abril, 2010

The Voca People

29 abr

http://www.youtube.com/watch?v=N6EYrqIn0yI

http://www.youtube.com/watch?v=jSf3KRlkdV0&NR=1

http://www.youtube.com/watch?v=JR1vtk0Z3qU&feature=related

Esse é um grupo musical de Israel,  mas que veio do Planeta Voca para o Planeta Terra para buscar músicas que façam sentido para levar para o seu planeta. Teve 8 milhões de acesso no youtube.

Anúncios

Foco na educação e na EAD

29 abr

 Comemoramos, ontem, dia 28 de abril, uma data importante: o Dia Mundial da Educação. Tempo para uma reflexão sobre um dos mais importantes temas em pauta no país, que vive um momento de desenvolvimento e se torna uma economia significativa. Engana-se quem acha que a educação não ajuda a desenhar esse quadro. Sem ela, fica-se alheio ao que o futuro reserva, e se olvida a responsabilidade com o país. A Convenção sobre os Direitos da Criança prevê o papel da educação na formação de cidadãos reflexivos e ativos. Da mesma forma, prepara-nos para viver com responsabilidade e em paz, numa sociedade livre, compreendendo os direitos dos outros e respeitando o ambiente. Por isso, valerá sempre discutir o papel fundamental do ensino para o sucesso do Brasil. E, nesse contexto, inovações tecnológicas devem ser lembradas Entre elas, está a Educação a Distância (EAD), que vem preencher uma lacuna no espaço educacional em nosso país, hoje restrito aos poucos que concluem o ensino médio. Com ela, supera-se o difícil acesso às universidades públicas e elide-se o obstáculo do alto custo dos cursos em faculdades particulares. Até mesmo a barreira da falta de faculdades em cidades brasileiras mais distantes vê-se com ela superada.

O Brasil é um dos países da AL com a menor percentagem de universitários.Apenas 9% dos brasileiros entre 18 e 24 anos cursam a universidade e só 2% chegam à universidade pública. É um dado alarmante, uma vez que tal percentual é muitas vezes menor do que o de países considerados subdesenvolvidos. No Equador e no Panamá, 30% estão na universidade. É nesse vácuo que a EAD faz-se indispensável para alargar o ensino em nosso país. Dados do Ministério da Educação mostram que, em 2009, o número de matrículas em EAD apresentou crescimento de 7%, se comparado com o ano anterior. A importância do EAD é ter nascido para permitir que mais pessoas tenham acesso a uma educação de qualidade.

Carlos Alberto Chiarelli            Clipping, 28/04/2010

Dia Nacional da Educação (28/04/2010) e criação de Procon

29 abr

Para Júlio Cezar Furtado, pedagogo, doutor em ciências da educação pela Universidade de Havana (Cuba) e mestre em educação pela UFRJ, a data deveria servir como motivo de mobilização e reflexão. “É um dia em que se tenta sensibilizar a sociedade para a questão da educação e deveria ser assumido pelos educadores. É um dia, teoricamente, dedicado à reflexão dos educadores e das famílias, para conscientizar sobre a necessidade de se ter uma educação de qualidade e, sobretudo, deixar claro o que é uma educação de qualidade. No Dia Nacional da Educação deveríamos clamar por um ‘Procon’ [órgão de defesa do consumidor] específico do setor”.

Nilbo Nogueira, doutor em educação pela PUC-SP e mestre em educação pela USP, pondera sobre a questão da aprendizagem e a tecnologia. “Se a metodologia não for alterada, não há milagre tecnológico que possa dar conta de todos os problemas educacionais.” Mário Sérgio Cortella, doutor em educação pela PUC-SP, lembrou o legado deixado pelo educador Paulo Freire, cujas ideias são consideradas importantes até hoje. “Paulo Freire, falecido em 2 de maio de 1997, menos de uma semana depois do Dia Nacional da Educação, nos deixou inúmeras obras fundamentais, sendo que uma delas foi a ‘Pedagogia da Esperança’; por outro lado, pouco tempo antes de nos deixar, houvera registrado algumas contundentes reflexões que foram publicadas postumamente sob o título ‘Pedagogia da Indignação’. Ambas as palavras, esperança e indignação, cabem bem dentro do conceito de educação e, mais ainda, da educação escolar. Esperança ativa na construção da dignidade coletiva e indignação impaciente com qualquer ameaça à fraternidade decente.

  Folha Online, 28/04/2010 – São Paulo SP

Comentário de aluna do PDM5 sobre a próxima Semana de Pedagogia

25 abr

L. do Prado Leite
renataprado01@oi.com.br | 192.168.17.122

Colegas vamos prestigiar as atividades do nosso curso, para que possamos aproveitar o máximo da nossa formação acadêmica. Um curso superior é indispensável na mesma proporção com que é valorizado pelos seus acadêmicos.
Beijos
Renata PDM 5

“Pedagogia: um tesouro a preservar”

Prepare-se! Serão três dias de atividades (20, 21 e 22 de maio) em que promoveremos oficinas, palestras, exposições e uma homenagem ao prof. Sinésio, fazendo um resgate da trajetória dos seminários no curso de Pedagogia.  Alunos e professores do curso ajudem-nos a registrar a história do Seminário Sinesiano e apresentar o conjunto de riquezas do nosso curso!

                                                                        Pela Comissão de Eventos

Profa. Idalena e Prof. Carlos Donizetti

Amigo imaginário pode ser bom para o desenvolvimento da criança

25 abr

Filme em cartaz: “As Melhores Coisas do Mundo” que fala de “Bullying” e ética

25 abr

http://cinema.uol.com.br/ultnot/2010/04/16/fico-feliz-por-nao-terem-escutado-meus-palpites-diz-gilberto-dimenstein-sobre-as-melhores-coisas-do-mundo.jhtm

Autor em parceria com Heloísa Prieto da série de livros “Mano”, que inspirou o filme “As Melhores Coisas do Mundo”, o jornalista e educador Gilberto Dimenstein conta que quando a Warner do Brasil lhe propôs a adaptação, sua principal preocupação era criar uma obra que pudesse ser usada em sala de aula posteriormente para educar os jovens metropolitanos. “Há uma série de questões que não são discutidas com esses meninos e meninas nas escolas, que vão desde tolerância e aceitação das diferenças até violência – um elemento cada vez mais presente na vida das grandes cidades”, explicou ele, em entrevista exclusiva por telefone ao UOL Cinema.

A força de “As Melhores Coisas do Mundo” vem desse aspecto colaborativo e da mistura entre os jovens protagonistas, não-atores escolhidos por meio de testes em várias escolas, como Francisco Miguez e Gabriela Rocha, e atores veteranos, como Zécarlos Machado e Denise Fraga. Dimenstein se diz amplamente representado pelo filme e por eles, além de ser grato ao casal de cineastas por não terem escutado as suas sugestões. “Agradeço por eles terem me ouvido pouco”, disse o jornalista e educador. “Pedi para não ver o roteiro, mas me mostraram mesmo assim, a contragosto. E fico feliz por não terem escutado os meus palpites, até porque acho que, se tivessem escutado, o filme correria o risco de ficar didático e politicamente correto.”

“Bullying” e ética

Nesta quinta (15), um dia antes da estreia de “As Melhores Coisas do Mundo” nos cinemas, foi divulgado o mais completo relatório sobre o “bullying”, como é chamado em língua inglesa o assédio e a violência entre jovens e estudantes, no Brasil. Para Dimenstein, é importante que o filme tenha sido lançado neste momento, pois é uma maneira de se discutir mais esse assunto para, inclusive, tentar evitá-lo. “É uma maneira de discutir a ética, pois é disso que se trata o ‘bullying'”, disse ele. “Tudo isso tem a ver com repetição de preconceitos, intolerância, dificuldade de entender o outro, opressão e violência. Essas coisas, que são problemas cada vez mais comuns nas grandes cidades, se repetem no microcosmo da escola. E é importante se discutir isso tudo.”

Programa de computador para crianças permite editar imagens e criar desenhos divertidos

25 abr

http://criancas.uol.com.br/novidades/2010/04/23/programa-de-computador-para-criancas-permite-editar-imagens-e-criar-desenhos.jhtm