Educação e Paulo Freire

16 out

“Ninguém nasce educador, ou é marcado para ser educador. A gente se faz educador, a gente se forma como educador, permanentemente, na prática e na reflexão sobre a prática.

(…) se é para ser um simples tomador de conta de aluno, um ‘dador’ de aula, um mero transmissor, um piloto de livro didático ou de apostila padronizada, então, de fato, sua tarefa é trivial e qualquer um pode vir a exercê-la. (…) É impossível ensinar sem a coragem de querer bem, sem a valentia dos que insistem mil vezes antes de uma desistência. É impossível ensinar sem a capacidade forjada, inventada, bem cuidada de Amar”

Paulo Freire

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: