Dia dos Namorados…

9 jun

Fonte: wikipedia

A história do Dia de São Valentim remonta a um obscuro dia de jejum tido em homenagem a São Valentim. A associação com o amor romântico chega depois do final da Idade Média, durante o qual o conceito de amor romântico foi formulado. O bispo Valentim lutou contra as ordens do imperador Cláudio II, que havia proibido o casamento durante as guerras acreditando que os solteiros eram melhores combatentes.

Além de continuar celebrando casamentos, ele se casou secretamente, apesar da proibição do imperador. A prática foi descoberta e Valentim foi preso e condenado à morte. Enquanto estava preso, muitos jovens lhe enviavam flores e bilhetes dizendo que ainda acreditavam no amor. Enquanto aguardava na prisão o cumprimento da sua sentença, ele se apaixonou pela filha cega de um carcereiro e, milagrosamente, devolveu-lhe a visão. Antes da execução, Valentim escreveu uma mensagem de adeus para ela, na qual assinava como “Seu Namorado” ou “De seu Valentim”.

Considerado mártir pela Igreja Católica, a data de sua morte – 14 de fevereiro – também marca a véspera de lupercais, festas anuais celebradas na Roma antiga em honra de Juno (deusa da mulher e do matrimônio) e de Pan (deus da natureza). Um dos rituais desse festival era a passeata da fertilidade, em que os sacerdotes caminhavam pela cidade batendo em todas as mulheres com correias de couro de cabra para assegurar a fecundidade. Outra versão diz que no século XVII, ingleses e franceses passaram a celebrar o Dia de São Valentim como a união do Dia dos Namorados. A data foi adotada um século depois nos Estados Unidos, tornando-se o The Valentine’s Day. E na Idade Média, dizia-se que o dia 14 de fevereiro era o primeiro dia de acasalamento dos pássaros. Por isso, os namorados da Idade Média usavam esta ocasião para deixar mensagens de amor na soleira da porta do(a) amado(a).

Atualmente, o dia é principalmente associado à troca mútua de recados de amor em forma de objetos simbólicos. Símbolos modernos incluem a silhueta de um coração e a figura de um Cupido com asas. Iniciada no século XIX, a prática de recados manuscritos deu lugar à troca de cartões de felicitação produzidos em massa, como o da imagem. Estima-se que, mundo fora, aproximadamente mil milhões (Portugal) (um bilhão no Brasil) de cartões com mensagens românticas são enviados a cada ano, tornando esse dia um dos mais lucrativos do ano.  O dia de São Valentim era até há algumas décadas uma festa comemorada principalmente em países anglo-saxões, mas ao longo do século XX o hábito estendeu-se a muitos outros países.

Data no Brasil

No Brasil, a data é comemorada no dia 12 de Junho por ser véspera do 13 de Junho, Dia de Santo António, santo português com tradição de casamenteiro. A data provavelmente surgiu no comércio paulista, quando o comerciante João Dória trouxe a ideia do exterior e a apresentou aos comerciantes.

Anúncios

Nenhuma resposta to “Dia dos Namorados…”

  1. Patrícia Merched junho 10, 2012 às 10:31 pm #

    Como escreveu Carlos Drumond de Andrade “O Dia dos Namorados para mim é todo dia. Não tenho dias marcados para te amar noite e dia.”

    #fato ; )

  2. ANA PAULA junho 12, 2012 às 8:12 pm #

    12 de junho: Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil terá foco na agricultura
    O trabalho de crianças e adolescentes na agricultura e suas conseqüências serão o tema do Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil – 12 de junho. O assunto será abordado em todos os países do mundo. No Brasil, o Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil – FNPETI lançou uma campanha para alertar a população brasileira sobre os riscos à saúde e ao pleno desenvolvimento de crianças e adolescentes envolvidos nesta atividade.

    A campanha do FNPETI inclui a distribuição de uma série de reportagens radiofônicas com especialistas, cartaz – com o slogan “Trabalhar é para adulto. Criança quer ser criança!” -, e mobilização da mídia para levar o tema trabalho infantil na agricultura ao conhecimento da população e contribuir com o debate. E também para lembrar que os meninos e meninas têm direito à educação, ao pleno desenvolvimento físico e psicológico e ao lazer. Além disso, estão previstas atividades em todo o País, organizadas pelas entidades que integram os Fóruns Estaduais de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (clique em Leia Mais, abaixo).

    Segundo dados da última Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) do IBGE, o Brasil possui hoje cerca de um milhão e meio de crianças e adolescentes exploradas no trabalho no campo. A maior concentração é no Nordeste. Mas foram o Sul e o Centro-Oeste que apresentaram maior crescimento. A população de crianças no trabalho cresceu, por exemplo, 1,2 ponto percentual em Santa Catarina, que tem forte tradição em agricultura familiar.

    De acordo com o levantamento, o trabalho infantil cresceu 10,3%, na faixa etária de cinco a 14 anos, em 2005, comparado a 2004. O crescimento foi influenciado pelo aumento da mão-de-obra infanto-juvenil relacionada à subsistência e atividades não remuneradas tipicamente agrícolas. Segundo o IBGE, uma das possíveis causas é a crise da agricultura, principalmente no Sul.

    Entre as atividades previstas para marcar a data está a realização de uma audiência pública no Senado Federal que avaliará o Plano Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil e Proteção ao Trabalhador Adolescente. A audiência será promovida pela Comissão de Assuntos Sociais, no dia 13 (quarta-feira), às 11 horas, no plenário 09 – ala Alexandre Costa/Senado.

    http://www.fnpeti.org.br/destaque/12-de-junho-dia-mundial-de-combate-ao-trabalho-infantil-tera-foco-na-agricultura/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: