Para saber um pouco mais sobre Mumbuca

10 ago

O quilombo foi fundado em 1862 pelo negro José Cláudio de Souza e não foge a uma das características comuns aos quilombos, que é a localização distante das cidades e em área de difícil acesso. Primeiro é preciso atravessar o rio Jequitinhonha em uma balsa e depois seguir por estrada de terra, num caminho repleto de fortes subidas e descidas passando por propriedades rurais e, a seguir, entre a vegetação que mescla floresta de Mata Atlântica em transição para o Cerrado.

Então, depois de percorrer os 21km da estrada de terra (anteriormente havia outro acesso mais logo – 39km) , chega-se a um vale com belas paisagens e ali está o quilombo, que recebeu o nome de Mumbuca devido a uma espécie de abelha encontrada na região. O povoado é o lar de 87 famílias, que contam com uma escola, duas professoras e duas salas multiseriadas que atendem a alunos da 1ª até 4ª série do ensino fundamental. Há também duas igrejas, uma Casa de Farinha, três bares e um posto de saúde com atendimento diário de enfermagem e quinzenal para consultas médicas e odontológicas. A economia local é movida pela agricultura, pois as famílias plantam principalmente mandioca, urucum, laranja e feijão, além de verduras.

 

Anúncios

Nenhuma resposta to “Para saber um pouco mais sobre Mumbuca”

  1. Nágila agosto 16, 2011 às 9:20 pm #

    Aprendemos muito com os quilombolas… Mumbuca, nos aguarde…
    Nágila

  2. rosilene patricia agosto 16, 2011 às 9:36 pm #

    Foi muito bom esta troca de aprendizado… quem foi, foi… quem não foi perdeu….kkkk
    Mas não fique triste iremos outra vez…
    Rosilene

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: